Hospital Aeroporto inaugura novas áreas para consultas e exames

Geral - 15.03.17

O Hospital Aeroporto inaugurou, na última segunda-feira, 13 de março, a primeira etapa de uma ampla reforma de modernização e ampliação de suas instalações. O evento contou a presença do presidente da Ahseb, Mauro Duran Adan, a superintendente da Ahseb, Maisa Domenech, e do coordenador de setor, Sandoval Leal.  Junto às mudanças no espaço físico, foram também adquiridos novos equipamentos que permitem diagnósticos mais precisos, além de um atendimento diferenciado para os pacientes, com mais conforto e conveniência.

A nova recepção acomoda, com conforto, 150 pessoas. O aumento do número de guichês e a centralização da maior parte dos atendimento em uma única recepção dão mais agilidade aos processos. Nessa nova área estão também as salas de curativo e coleta do laboratório. O projeto arquitetônico contemplou a melhoria dos fluxos dos profissionais e pacientes por todo o hospital. Ao todo foram 880m² de área reformada, sendo 303 m² apenas da recepção.

“Diante dos desafios do cenário atual, a nova diretoria tem buscado alternativas para modernizar e atualizar o hospital. Não só porque o mercado exige, mas porque é nosso dever oferecer o melhor ao paciente”, ressalta o diretor do hospital, Bráulio Rêgo.

Também entrou em operação a nova unidade de serviços de endoscopia e emergência ortopédica, com consultórios, salas de procedimento e recuperação. No ambulatório são 10 novos consultórios e 4 salas para exames de ultrassonografia. A primeira etapa também incluiu a reforma dos banheiros dos apartamentos já entregues e em uso pelos pacientes, além de toda estrutura elétrica e rede de dados.

Fundado em 2004, o Hospital Aeroporto buscou reorganizar as áreas para garantir melhor fluxo e adequar-se às normas e necessidades atuais. Desde que foi fundado, há 13 anos, consolidou-se como referência em serviços de emergência, ambulatorial e hospitalar para os moradores de Salvador, Lauro de Freitas, Litoral Norte e demais cidades da região metropolitana. Com uma área construída de 6.500 m², o Hospital atende mais de vinte especialidades e, atualmente, conta com 87 leitos.

“Todo nosso esforço é para oferecer uma saúde de qualidade aos pacientes, possibilitando um atendimento humanizado e acolhedor, além de suprir a carência de serviços hospitalares na região”, explica a diretora do hospital, Débora Andrade.

Novo conceito de arquitetura hospitalar

O projeto arquitetônico segue as novas tendências, que prevê espaços funcionais, mas que também contribua para a recuperação dos pacientes. Antes, os ambientes clínicos buscavam transmitir uma imagem de absoluta assepsia; hoje, vêm ganhando um clima mais acolhedor, com materiais de acabamento, móveis e cores que fogem, na medida do possível, do tradicional padrão hospitalar. A fachada também foi completamente remodelada, com elementos vazados em linhas orgânicas onde sobressaem a iluminação cênica e o paisagismo

Novos equipamentos

Os novos investimentos não foram apenas na estrutura física, o Hospital também investiu em novos e modernos equipamentos como o OCT TRITON PLUS para Tomografia de Coerência Óptica e no Voluson E10 para ultrassonografia.

O OCT TRITON PLUS – Tomografia de Coerência Óptica, novo equipamento oftalmológico do Hospital Aeroporto é o único aparelho disponível na região de Lauro de Freitas e um dos únicos em Salvador, e traz muitos benefícios para os pacientes.

As suas linhas de escaneamento possuem um comprimento de onda invisível ao olho humano, permitindo que o paciente se sinta mais confortável durante o exame. Como as linhas não são visíveis, pacientes idosos e crianças não se distraem durante a consulta. Ele também permite um diagnóstico mais preciso nas áreas de retina e glaucoma porque consegue escanear mais profundamente as camadas e estruturas do olho.

O Voluson E10 é o sistema de ultrassom mais avançado atualmente. Na Bahia, apenas o Hospital Aeroporto possui este modelo. As suas imagens são mais nítidas e são realizadas com mais velocidade. O Voluson 10 tem a capacidade de compartilhar os ultrassons de forma segura e fácil com os pacientes e colegas, além de simplificar os exames. O que permite que os médicos foquem nas necessidades de cada paciente.
Próximas etapas

Ainda no primeiro semestre, será finalizada a segunda etapa da obra: nova emergência, onde serão acrescidos 10 leitos, além da modernização do centro cirúrgico. Em seguida, já na terceira etapa, teremos a construção de uma nova cafeteria e áreas de convivência para colaboradores e visitantes, como também a ampliação do estacionamento com acréscimo de 80 novas vagas. Para a quarta etapa, está prevista a ampliação da área de internamento e novas áreas de apoio e serviços.

Nova fachada

Nova fachada

Membros da diretoria

 

*Material adaptado de release enviado pela assessoria de comunicação do associado, que assume o crédito das fotos.