Notícias Sem categoria

Hospital Santa Izabel terá Unidade de Transição de Pacientes

Sem categoria - 05.03.15

O Hospital Santa Izabel da Santa Casa de Misericórdia da Bahia terá uma Unidade de Transição de Pacientes (UTP) com 24 leitos.  As obras na nova unidade, primeira do gênero no estado, seguem em rimo acelerado e devem ficar prontas ainda este mês. A intervenção arquitetônica está privilegiando a humanização de modo a aproximar a equipe interdisciplinar e os pacientes e favorecer a prática de uma assistência segura, qualificada e resolutiva.

Segundo o diretor Técnico-Assistencial do Santa Izabel, Ricardo Madureira, a implantação dessa unidade hospitalar de transição é uma estratégia que visa a desafogar áreas estratégicas do hospital e permitir a adequada recuperação de pacientes que não precisam ficar internados por um longo período. “É um conceito relativamente novo, difundido com mais celeridade e êxito no eixo Rio/São Paulo”, diz.

Ele explica que do total de 24 leitos da nova unidade, oito serão destinados a pacientes oriundos do internamento com indicação cirúrgica. Na UTP, eles serão internados para complementar o processo de preparo e encaminhamento para o centro cirúrgico. Ao final da intervenção cirúrgica, no entanto, o paciente será encaminhado ao leito definitivo.

Os demais leitos da unidade serão ocupados por pacientes oriundos do Pronto Atendimento. “É uma forma de desafogar a emergência, um setor de grande demanda no hospital. A meta é que os pacientes não fiquem mais de 24 horas no Pronto Atendimento nem ultrapassem 72 horas de permanência na unidade de transição”, acrescenta Ricardo Madureira.

Enfermaria São Cristóvão – O processo de qualificação contínua do Hospital Santa Izabel também registrará neste primeiro semestre outro avanço importante. As obras de modernização e requalificação da Enfermaria São Cristóvão, que possui 36 leitos e é um das mais tradicionais do hospital, já foram iniciadas. A intervenção contemplará os pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde e trará mais conforto aos profissionais e acompanhantes.

De acordo com o provedor da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Roberto Sá Menezes, os investimentos no Santa Izabel vem sendo realizados de forma planejada e sintonizada com o perfil epidemiológico da população e o conceito atual de desospitalização e diminuição do tempo de internação. “Nossa prioridade está em aprimorar processos, qualificar ainda mais os profissionais e os atendimentos em áreas nas quais o Santa Izabel é considerado padrão de excelência”, diz o provedor.

Fonte: Assessoria de comunicação – Santa Casa de Misericórdia