Notícias

Seminário discute importância do olhar para o ambiente interno das instituições

Notícias Ahseb - 25.04.19

Reflexões sobre os desafios e a importância de alcançar o melhor das pessoas, do olhar para o ambiente interno das instituições de saúde e a consequente geração de resultados sustentáveis estiveram em pauta no seminário “Um olhar para a essência das organizações de Saúde: em busca de resultados sustentáveis” promovido pela Ahseb nesta quarta-feira, 24, no Mundo Plaza Business Center. O evento reuniu diretores, gestores e profissionais que atuam no setor da saúde que acompanharam palestras, apresentações de cases e debates sobre o tema.

A mesa solene de abertura contou com a participação do presidente da Ahseb, Mauro Duran Adan; do presidente da Febase, Marcelo Britto; do presidente do Sindhosba, Raimundo Correia; do membro da diretoria da FBH, Leonardo Barberes; do provedor da Santa Casa da Bahia, Roberto Sá Menezes; da superintendente do Hospital Cárdio Pulmonar, Iolanda Peltier Rocha; do diretor administrativo e financeiro da Promédica, Jorge Oliveira; e da diretora médica do Grupo Oncoclínicas, Márcia Menezes.

Para Mauro Adan, presidente da Ahseb, que abriu o evento e deu as boas vindas aos presentes, discutir sobre o tema é de grande relevância para o setor. “O nosso segmento é um segmento de mão de obra intensiva, tudo que nós fazemos no setor de saúde precisa sempre de muitas pessoas e pessoas muito bem qualificadas”, pontuou. Na oportunidade, Adan também convidou os presentes para a 13ª Convenção Brasileira de Hospitais, a ser realizada nos dias 01 e 02 de agosto, em Salvador.

A diretora médica do Grupo Oncoclínicas, Márcia Menezes, destacou em sua fala a necessidade de cuidar de quem cuida dos pacientes.  “Temos que olhar para toda essa cadeia que o paciente vai interagir e certamente cuidar de quem está cuidando para se fazer com que eles entreguem o melhor”.  O diretor administrativo e financeiro da Promédica, Jorge Oliveira, também reforçou a importância da equipe. “Se nós não tivermos pessoas preparadas para essa missão de cuidar de pessoas, nossos negócios não vão ter sucesso”.

Iolanda Peltier, superintendente do Hospital Cárdio Pulmonar, falou sobre a felicidade ser extremamente importante para as organizações. “Ela muda, faz com que as pessoas se engajem, acreditem, criem compromisso com aquilo que fazem”. Leonardo Barberes, membro da diretoria da FBH, sinalizou que mesmo com a incorporação tecnológica não se pode esquecer do capital humano. “As instituições que se voltam para seu time, treinam, capacitam, se tornam mais humanas, mais cidadãs.”

O provedor da Santa Casa da Bahia, Roberto Sá Menezes, também reforçou a necessidade da capacitação e das oportunidades aos colaboradores, trazendo em sua fala uma reflexão sobre a sustentabilidade, manutenção dos postos de trabalho e o desafio de sobrevivência das organizações. O presidente do Sindhosba, Raimundo Correia, pontuou a importância do relacionamento entre os integrantes da equipe. “Não adianta o hospital estar o melhor aparelhado se lá na ponta não existir um compromisso fechado, sério, formal entre seus integrantes”. Já Marcelo Britto, presidente da Febase, trouxe em sua fala o viés das instituições de representação de classe, exemplificando pautas locais e nacionais, circunstâncias que precisam ser atendidas para que os colaboradores possam trazer os resultados.

PROGRAMAÇÃO – Durante a manhã, o painel “Usando as competências de todo o time para alcançar a alta performance” trouxe uma abordagem sobre a importância do engajamento da equipe, com apresentações do diretor de Projetos e Novos Negócios do IBES, Christian Hart; do diretor de Relacionamento Médico do IBES, Rafael Munerato; e do diretor técnico assistencial do Hospital Santa Izabel, Ricardo Madureira.

Christian Hart falou sobre o papel da alta liderança em trazer o potencial das pessoas para a gestão e estratégias de comunicação com os interlocutores

Rafael Munerato abordou a necessidade de entendimento sobre gestão e a importância do planejamento

Ricardo Madureira apresentou case do Hospital Santa Izabel sobre engajamento médico

Após as palestras, o debate sobre o tema contou com a participação do diretor médico do Hospital Aliança, Álvaro Nonato; da chefe do setor de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente do Hospital Edgard Santos, Monalisa Sant’Anna; do CEO do Grupo Opty, Amaury Guerrero; e do diretor superintendente do Itaigara Memorial Hospital Dia, Fábio Brinço, que trouxeram suas visões e experiências sobre o tema e responderam perguntas da plateia. A moderadora do debate foi a coordenadora da Ucas, Fabíola Matos.

Debatedores trouxeram experiências e exemplos sobre o tema

 

Componentes do painel que encerrou a programação da manhã, juntamente com o presidente e a superintendente da Ahseb, Mauro Adan e Maisa Domenech

Fotos: Edson Ruiz