Notícias

Conhecimento sobre boas práticas relativas ao prontuário e ao consentimento esclarecido pode evitar prejuízos

Ucas Saúde - 09.11.17

Você já refletiu sobre como os profissionais registram a anamnese, as queixas, a história da doença ou o atendimento realizado? Os registros têm papel fundamental para favorecer a comunicação entre profissionais, gerar dados estatísticos, garantir a conformidade ética das condutas, o registro dos gastos, entre outros fatores. É pensando na importância do tema que a Ucas realizará no próximo dia 22/11, o curso “Prontuário e consentimento esclarecido: da responsabilidade civil ao impacto sistêmico”.

O conhecimento sobre as boas práticas relativas ao prontuário e ao consentimento esclarecido pode evitar ações cíveis que envolvem valores indenizatórios expressivos e causam desequilíbrios econômico-financeiros importantes para os profissionais e serviços de saúde. Além disso, o respeito às questões éticas nos estudos envolvendo pessoas e registros favorecem a qualidade da pesquisa e impulsionam o desenvolvimento da ciência. É o que explica os profissionais Leonardo Vieira e Lilia Lima, facilitadores do curso.

De acordo com eles, o profissional precisa estar atualizado sobre o tema para exercer suas atividades de forma completa, segura e humanizada, visto que “o registro é o elo formal da comunicação segura”.

“O número de ações indenizatórias têm crescido de forma constante e impactante nos últimos anos. Precaver-se da indesejável hipótese de uma má conduta profissional ser determinante para um prejuízo significativo a ser suportado por clínicas e hospitais será um dos pontos de discussão deste encontro. É possível realizar pesquisas e estudos de caso em serviços de saúde sem expor os clientes ao risco ético e técnico atendendo à Resolução 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde”, explicam.

De acordo com os facilitadores, os participantes conseguirão notar uma maior compreensão dos aspectos éticos e jurídicos referentes ao prontuário e ao consentimento esclarecido, “tendo a possibilidade de reavaliar os procedimentos adotados em seus respectivos ambientes de trabalho, corrigindo erros até então não percebidos”.

As inscrições para a atividade já estão abertas. Veja programação completa!